A rotina e adrenalina

Posted on 27/06/2011

0


 
Nós somo seres que detestamos a rotina e no entanto a adotamos no nosso dia a dia. Às vezes este detestar não é tão obvio assim mas se prestamos atenção veremos que abominamos as rotinas do nosso cotidiano. È por isso que adoramos toda novidade e ficamos surpresos em como estas novidades que aparecem na nossa vida são tão agradáveis. A novidade traz uma liberação de adrenalina. E somo viciados queiramos ou não em adrenalina. Estas novidades podem ser pequenas e inofensivas, como descobrir um novo lugar onde se toma um bom chope ou ser mais perigosas, como pular de asa delta ou se apaixonar por alguém sendo casado. E isso pode acontecer. O problema é o que fazemos com esta nova sensação recém descoberta. Não importa a decisão em qualquer circunstancias haverá consequências.
Pular ou não de asa delta tem a ver com o nosso instinto de sobrevivência, um outro nome para o medo.
A nova paixão tem a ver com os nosso valores morais. O que vc faria se uma gata extraordinária de uns vinte e pouco anos de pura sensualidade se insinua? E vc casado ou de namorada firme. Noivo, sei la.
Se vc se controla esta paixão e não da corda, vai ficar deprimido por um tempo. E depois vai ficar mais deprimido ainda. Claro estamos falando da homem normal cuja sexualidade esta a flor da pele. O canalha. Ou que esta chateado e de saco cheio de sua rotina diária. Ou seja, o sujeito normal.
O homem feliz com sua vida, confiante, bem casado e senhor de si é uma raridade, perto da total extinção. Se contam nos dedos dos pés e das mãos e não estou falando de centopeias. E me refiro ao homem como espécie não como gênero.
Agora se vc da corda a nova paixão e pecar, na visão dos religiosos que veem pecado em tudo, ai meu amigo, a liberação de adrenalina é garantida. E a sensação é extraordinária. Vc vai se sentir com três metros de atura, menos na presença de sua mulher, seus filhos e as amigas de sua mulher.  
Se vc for mulher vc vai sentir uma enorme culpa com todos menos com a sua nova paixão e não vai deixar de sentir o mesmo e extraordinário prazer. Sei la porque é assim, mas é.
A adrenalina é uma droga perigosa e viciante. Ha um substituto que é a endorfina, a droga liberada pelo corpo humano após a realização de um esforço físico. Mas ai vc vai ter que fazer algum tipo de ginástica que todos sabemos é a coisa mais chata do mundo.  O esporte até que é legal mas exige uma certa aptidão física que o excesso de picanha e chope reduz drasticamente.
È possível então ser feliz na rotina?
Duvido mas há uma solução. Desde que vc elimine a culpa, essa invenção judaico cristão de mais de dois mil anos, e vc seja discreto e saiba guardar segredos, é possível ser feliz. Os moralistas dizem que guardar segredos tem o nome de hipocrisia. Mas os moralistas também são chamados de cínicos.
E qual a formula então? Quem tem formula é remédio que como todos sabemos ameniza o sintoma mas não cura nada.
O que fazer então? Sei la meu amigo.
Eu sei o seguinte. Se vc souber ser feliz com qualquer coisa que aconteça na sua vida, mesmo as desgraças e se preocupar com o bem estar das pessoas que vc ama, vc vai ficar bem.
Mas lembre-se; seja feliz.
E não aceite formulas nem conselhos.
Anúncios
Posted in: ASSIM É A VIDA