As mulheres paraguaias

Posted on 25/07/2011

0


Assunção do Paraguai é uma cidade ao sul do Rio de Janeiro encravado no meio do território que foi palco de uma das piores e mais brutais guerras que este continente presenciou. A culpa de tal boçalidade foi dos generais que falam de patriotismos, de honra, de morte pela pátria e manda seus incautos recrutas e alguns oficiais pra frente dos canhões e das balas. E como nessa época ainda não existia o super homem nem o Clark Kent e ainda não tinha sido inventado o colete a prova de balas, a honra e o patriotismo atingiam em cheio o peito dos bravos soldados.

O resultado dessa enorme imbecilidade foi que mataram quase todos os paraguaios homens e ficaram as mulheres. Esse foi o único trágico beneficio se é que pode se chamar de benefício à morte de brava gente de todos os lados.

O fato é que não entraram nas funestas estatísticas as belas mulheres paraguaias uma das melhores coisas que tem este continente.

A mulher paraguaia, antes da Larisa Riquelme, não tinha muito marketing e era pouca valorizada em termo de excelência de beleza e charme. No continente se falava mais da beleza das colombianas, da exuberância das venezuelanas, da elegância das argentinas e claro, da bunda das cariocas. Tudo isso é verdade principalmente no quesito bunda das cariocas, algo que conheço bem de perto.

Mas há uma enorme injustiça com as paraguaias. Não dizem nada delas. E as paraguaias são muito mais do que a Larisa Riquelme e seu celular. Alias deve ser um novo modelo de celular da Nokia ou da Samsung. É o primeiro celular, não com tecnologia 3G ou com touch screen mas certamente é o primeiro celular com peito.

A beleza e o charme da mulher paraguaia não é algo obvio. É um charme discreto, uma beleza a ser descoberta, uma doçura quase sem limite. Elas têm uma especial habilidade em falar de um jeito característico e extremamente sensual. Falam docemente como se contassem segredos, como se falassem para a alma como se contassem pro coração. E seus olhos de olhares densos e profundos acompanham toda a poesia de sua fala. A beleza da mulher paraguaia não é obvia, não é gritante nunca é vulgar. É uma beleza a ser descoberta. E se descobre a sua beleza e seu interminável encanto quando se tem a sorte de namorar uma delas. Eu tive essa sorte e mesmo vindo do Rio de Janeiro onde a proporção de mulheres bonitas e sensuais extrapola qualquer estatística, encontrava na mulher Paraguaia um encanto e uma beleza difícil de resistir. E o engraçado é que elas não têm uma característica marcante nos seus traços fisionômicos. São louras, morenas, escuras, índias, suecas, claras, de cabelos liso ou encaracolados, olhos azuis, cor de mel ou negros como a noite. São altas e outras baixas, magras e outras mais cheias, têm lábios carnudos e outras mais finos mas em uma coisa são idênticas. São todas absolutamente lindas.

Essa disparidade de estilos é uma das características das mulheres de la. E a sua maior beleza esta na forma de falar, na forma de te olhar, na forma de te encantar. Na forma linda, sensual e saudosa de te dizerem em um quase sussurro o que elas sabem dizer de melhor; te quiero.

 

Anúncios
Posted in: MULHERES