Browsing All Posts filed under »Uncategorized«

Burrice e desonestidade

setembro 13, 2017

0

Luiz Fernando Veríssimo fez uma interessante declaração. A única verdade hoje que vc lê em jornais é a data.   O que me incomoda hoje, fora o frio maluco do Rio, são os textos que ve lê ou os discursos que vc ouve falar. É só não ler e não ouvir, poderia uma alma generosa […]

A justiça em Sócrates

setembro 12, 2017

0

A justiça em Sócrates. Antes de tentar justificar ou explicar a justiça em Sócrates, ou o seu conceito, o que vem a ser a mesma coisa, devemos tentar definir o que é justiça. No conceito clássico, ou seja , no sentido filosófico, justiça é um conceito que delimita, justifica e da razão de ser as […]

Um sonho

setembro 12, 2017

0

Eu acho que estava vivendo um sonho. Depois de anos sonhando e lutando do meu jeito por um Brasil mais justo que vivesse e cuidasse dos menos favorecidos, pensei que estava conseguindo. No voto, democraticamente, na boa. Vivi intensamente nestes últimos 11 anos com alegria e paixão um processo inteligente de projetos e realizações que […]

pensar não custa muito

março 15, 2015

0

A mania de julgar comportamentos Dizem que o panelaço fracassou porque muitos dos manifestantes não tinham ideia onde ficava a cozinha. E nem sabiam o que era uma panela. Uma merda. Numa boa. Essa merda de fora Dilma, fora PT e o ódio ao atual governo ta enchendo o saco. É no mínimo coisa de […]

Porque somos assim?

junho 27, 2011

0

Porque temos mania de ordem? Porque arrumamos a cama, a casa, nosso armários. Porque temos uma agenda de endereços para arrumar os nome e porque compramos uma agenda de compromissos para organizar os nossos compromissos Porque fazemos uma lista de compras? E porque consultamos o nosso extrato? Porque planejamos o nosso dia a dia e […]

Glutão

junho 24, 2011

0

De novo meu avô paterno, Don José. Vivendo em Madrid, em plena guerra civil, na cidade sitiada e bombardeada sem trégua pelo merda do Franco e suas tropas mouras, recebeu em casa que não tinha nenhuma janela com vidro intacta, um dileto amigo pantagruelesco. Era enorme e comia de acordo com seu tamanho. Naqueles tempos […]